Poema Chuva do Espírito

Chegando o dia de Pentecoste, estavam todos reunidos num só lugar. De repente veio do céu um som, como de um vento muito forte, e encheu toda a casa na qual estavam assentados. E viram o que parecia línguas de fogo, que se separaram e pousaram sobre cada um deles. Todos ficaram cheios do Espírito Santo e começaram a falar noutras línguas, conforme o Espírito os capacitava. Atos 2:1-4

Chuva que cai e molha a terra

Chuva que cai escorregadia

Chuva que é sempre bem vinda

Mesmo que seja tardia


Quero me molhar nesta chuva

Encharcar-me, envolver nestas águas

Quero beber esta água

Deliciar nestas águas tranquilas


Espírito Santo de Deus

Como água vem derramar

Bênçãos neste lugar


Vem como fogo descer

Meu coração encher

E os pecados queimar

Mais visitadas da semana

1001 perguntas Bíblicas com respostas

60 tipos de crente

Gerador de YouTube autoplay

Faça você mesmo este belo tamborete infantil para seus filhos

Clipes em destaque