Header Ads

adorador na adversidade (poema)

Ainda que a figueira não floresça, nem haja uvas nas videiras; mesmo falhando toda a safra de olivas, e as lavouras não produzam mantimento; as ovelhas sejam seqüestradas do aprisco, e o gado morra nos currais, eu, todavia, me alegrarei no SENHOR, e exultarei no Deus da minha salvação!… (Hb 3.17,18)

Mesmo que tudo não vá bem

O solo esteja seco e sem relva

O riacho do vale já secou

E a temporada de chuva não chegou


Mesmo que falte a farinha da panela

Não consiga ver o jardim em flores da janela

e a estrada coberta de poeira

E as vacas magras perto da porteira


Mesmo que nada seja como dantes

Nem chova na terra, nem a erva cresça

Mesmo que o sol desapareça

Eu louvarei ao Senhor

Tecnologia do Blogger.