Poema troféu

Não dá p'ra disfarçar
Enquanto o povo grita
Ouço uma arma a disparar
E uma mãe que chora aflita

Morre mais um filho da Pátria
Morre pois não tem hospital
Gastamos nosso PIB em estádios
Faltou para a saúde e educação

E o verde-amarelo repica
Sob um fundo cinza-lamacento
E a voz do aflito que grita
Se mistura à voz alegre
Dos que comemoram um gol

E a águia brilhante de prata
Se levanta e alça voo
Levando em suas garras afiadas
O verdadeiro troféu

Correis tão em vão
Querendo ser campeão!
Não sabeis que dessa terra
Nada se leva não?
O verdadeiro troféu
é o que conquistamos no céu

Mais visitadas da semana

1001 perguntas Bíblicas com respostas

60 tipos de crente

Gerador de YouTube autoplay

Faça você mesmo este belo tamborete infantil para seus filhos

Clipes em destaque