O Cego e o Publicitário: Uma reflexão sobre o poder das palavras

Leia até o fim e reflita sobre esta bela história. Sua vida nunca mais será a mesma.

Conta-se que sentado em uma praça em Paris, havia um cego que vivia a mendigar, sentado no chão com roupas maltrapilhas, um boné velho onde recolhia as poucas moedas que alguns piedosos que passavam por ele lhe ofertavam.

Para auxiliá-lo havia uma pequena placa de madeira com os dizeres:

" Por favor, ajude-me, sou cego ".

Certo dia um publicitário, passou em frente a ele,
parou e ao ver as poucas moedas no boné, nem pediu licença, pegou o cartaz, virou-o,
pegou o giz e escreveu outro anúncio.

Voltou a colocar o pedaço de madeira aos pés do cego e foi embora.

Pela tarde o publicitário voltou a passar em frente ao cego que pedia esmola.
Agora, o seu boné estava cheio de notas e moedas.

O cego reconheceu as pisadas e lhe perguntou se havia sido ele
quem reescreveu seu cartaz, sobretudo querendo saber o que havia escrito ali.
O publicitário respondeu:

" Nada que não esteja de acordo com o seu anúncio, mas com outras palavras ".

Sorriu e continuou seu caminho.

O cego nunca soube, mas seu novo cartaz dizia:

"Hoje é Primavera em Paris, e eu não posso vê-la"


Não deixe de compartilhar esta bela história. É só copiar este texto e enviar para os amigos.

Mais visitadas da semana

1001 perguntas Bíblicas com respostas

60 tipos de crente

Gerador de YouTube autoplay

Faça você mesmo este belo tamborete infantil para seus filhos

Clipes em destaque