Poema: Abra a Janela

Quantas luzes apagadas  a gente encontra pela estrada
Cadeirantes olham e não encontram rampas, só escadas
A vida só é valorizada por quem já passou por um triz
O tempo passa e você diz: 
Já fiz tanto e ainda tem muita coisa que não fiz

A vida é bela
As flores e as cores sempre sorriem
A estrela no riacho de água translúcida
A vida, isso sim é vida

Deus nos dá razão para cantar
Por onde olhamos vemos suas obras a embelezar
Olha só aquele campo verde
Abra a janela, viva a vida, abra a janela...

Mais acessados da semana

1001 perguntas Bíblicas com respostas

60 tipos de crente

Gerador de YouTube autoplay

A Cobra e o Mestre (Reflexão)