Quando não priorizamos o que é prioritário

O mundo pós-moderno cheio de solicitudes exige tanto de nós que vivemos inquietos. Às vezes, temos a impressão de que o texto de Eclesiastes capítulo três que fala que "há tempo para todo o propósito debaixo do céu" não faz sentido. A correria é tamanha, que fica difícil discernir o que é prioridade em nossa vida e o que não é. E quando isso acontece as coisas começam a desandar. Nossa sucesso profissional fica arriscado. Nossa vida de comunhão com Deus fica em segundo plano. Não concluímos nossos trabalhos e deveres dentro do prazo previsto, etc.

Reflita comigo. O que está sendo prioritário em nossas vidas? Reunir a família ou ficar até tarde no bate-papo com os "amigos"? Seus estudos ou o Playstation? O trabalho de evangelismo de sua igreja ou o jogo de futebol? A novela ou o culto?
Se a maioria das respostas for a segunda opção, está na hora da gente mudar de conceito e começar a pensar e correr atrás do que realmente queremos.

Quando perdemos o foco do que é mais importante para as nossas vidas é como se passássemos a ignorar nossos sonhos. É como sair em uma rua com muito trânsito ignorando o sinal vermelho. Corremos grande risco em levarmos a pior na escola, na faculdade, no emprego e também na família.

Um aluno que não entrega seus deveres no prazo estabelecido corre o risco de ser reprovado.

Nas empresas onde se fala tanto em metas e competência profissional, um empregado que não sabe "priorizar o que é prioritário" é considerado um irresponsável e jamais receberá um cargo de confiança ou gratificações por méritos.

Quando um dos cônjuges abandona as sua obrigações e prioridades com a família corre o risco de ter os laços matrimoniais arruinados.

A Bíblia fala para buscar primeiro o reino de Deus (Mateus 6 : 33). A família também jamais poderá ser desprezada. "Mas, se alguém não tem cuidado dos seus, e principalmente dos da sua família, negou a fé, e é pior do que o infiel."  (I Timóteo 5 : 8). Então devemos primeiramente priorizar estas duas coisas.

Mas existem muitas outras coisa que devemos fazer e que dependemos delas pois é o nosso "ganha-pão". Dentre estas coisas está a nossa capacitação profissional através dos estudos e o nosso emprego propriamente dito.

Como cristãos e salvos em Cristo Jesus, devemos ser sábios e ter discernimento para entender o que queremos e se isso é a vontade de Deus para a nossa vida. Devemos olhar para o "alvo" e prosseguir em sua direção. Não vamos deixar que as redes sociais venham minar o nosso precioso tempo que pode ser usado para o estudo da Palavra de Deus ou mesmo para a nossa capacitação profissional.

Um dia possui 24 horas que se bem administradas renderão muito. abaixo seguem algumas dicas para você se dar bem em todas as áreas de sua vida:
  1. Faça uma lista com as coisas que são mais importante para a sua vida.
  2. Crie um cronograma com os horários para todas as suas atividades diárias. Procure seguir o cronograma, porém não seja escravo do mesmo. Imprevistos acontecem quando menos esperamos.
  3. Se você quer um emprego melhor, estude muito. Não menospreze o seu emprego atual, pois você dependerá do salário para comprar as suas apostilas e se sustentar enquanto o "melhor" não vem.
  4. Sorria. Seja feliz e agradecido com o pouco que possui.
  5. Ajude o necessitado.
  6. Valorize a sua família. Reserve um tempo (mesmo que seja um "tempinho") para orações diárias. Deixe a televisão desligada e reúna a família para uma conversa. Um passeio ajuda muito. Uma boa opção é deixar o carro em casa e ir a pé para a igreja.
  7. Se você é viciado nas redes sociais (Orkut, Facebook, Twitter...), evite ligar o computador. Ah, caso você use o computador para trabalhar bloqueie, ou peça para um técnico bloquear, os sites e "diversões" que atrapalham o seu rendimento.

Tenha um final de semana abençoado por Deus.



Postagens mais visitadas deste blog

1001 perguntas Bíblicas com respostas

60 tipos de crente